O centro comercial conseguiu reciclar 57% dos resíduos, mais 6% que em 2022, e uma subida significativa de 27% face a 2019.

O centro comercial Espaço Guimarães, gerido pela Klépierre, foi distinguido com o Prémio Coração Verde pelas suas boas práticas na gestão de resíduos e compromisso para com a promoção da sustentabilidade.

Este prémio é entregue no âmbito das comemorações da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, que integra diversas iniciativas, e é atribuído pela Câmara Municipal Guimarães, em parceria com a Vitrus Ambiente e o Laboratório da Paisagem.

Em 2023, o Espaço Guimarães conseguiu reciclar com sucesso 57% dos resíduos produzidos, mais 6% que no ano anterior, e mais 27% face a 2019.

A reciclagem eficiente de resíduos faz, aliás, parte dos objetivos fundamentais do programa de sustentabilidade da Klépierre, Act4Good.  No âmbito deste programa, o Espaço Guimarães tem estabelecidas metas de reciclagem/reutilização dos materiais de pelo menos 50% e aposta na compostagem/digestão de 100% dos resíduos alimentares. Este compromisso com a gestão responsável de resíduos está alinhado com os objetivos globais de sustentabilidade e tem como objetivo posicionar o Espaço Guimarães como referência na gestão ambiental.

Em comunicado de imprensa, Cátia Lima, diretora de marketing do Espaço Guimarães, fala da atribuição deste prémio como «um reconhecimento do contributo do Espaço Guimarães para a criação de uma comunidade mais sustentável e amiga do ambiente pois, conforme refere a organização do prémio Coração Verde, o centro comercial é um exemplo ímpar na correta separação dos resíduos orgânicos».

Klépierre opera na área do desenvolvimento de centros comerciais e está presente em 12 países europeus que recebem 1.100 milhões de visitas por ano. Em Portugal, é proprietária dos centros comerciais Parque Nascente, no Porto; Espaço Guimarães, em Guimarães; e Aqua Portimão, em Portimão.

Fonte: Vida Mobiliária