+351 913822997 geral@cogequasa.com Praça de Alvalade, nº2, 3ºB, 1700-035 Lisboa 9h - 18h

Consultoria de Gestão

Padronização de processos e gestão da qualidade

Assumimos que a qualidade é melhor definida como um grau de satisfação de requisitos, filtrado por um conjunto de características intrínsecas de determinado produto ou serviço.

Mas como assegurar que uma empresa tem de facto qualidade? Como bem sabemos, a qualidade é prezada pelos consumidores finais e um fator determinante na tomada de decisão antes da compra de um produto ou serviço.

O registo das atividades de tratamento é uma obrigação imposta pelo artigo 30.º do RGPD para os responsáveis pelo tratamento e para os subcontratantes. O conteúdo dos registos é distinto consoante se trate de um responsável pelo tratamento ou de um subcontratante. Quando uma organização efetua tratamentos de dados enquanto responsável pelo tratamento e enquanto subcontratante, deve manter dois registos diferenciados.

A informação é essencial para qualquer atividade e essencialmente para a garantia da sustentabilidade de uma organização. Pode estar em papel ou armazenada digitalmente, pode ser apresentada em filmes, fotografias, manuais, desenhos, ou comunicada verbalmente. Em qualquer dos casos, existe sempre a necessidade de ser adequadamente protegida.

Um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) tem como objetivo a melhoria contínua do desempenho ambiental de uma empresa. Consiste numa abordagem sistemática na forma de gerir os aspetos ambientais.

Um SGA pode ser definido como parte do sistema global de gestão que inclui a estrutura funcional, as atividades de planeamento, a definição de responsabilidades, os processos formalizados em procedimentos e os recursos necessários para os concretizar, manter, desenvolver e rever de modo continuado a política ambiental da empresa.

A gestão de resíduos tem um papel fundamental na sustentabilidade e saúde do tecido empresarial português. Além da legislação que obriga a uma gestão correta, acresce a importância ambiental num mundo cada vez mais suscetível às alterações climáticas. Sendo assim, partilhamos consigo as melhores práticas para a gestão de resíduos e quais as vantagens de fazer esta gestão de forma correta.

A Norma ISO 45001 especifica os requerimentos para um sistema de gestão da segurança e saúde ocupacional (SSO), fornecendo orientação para o seu uso, de modo a capacitar as organizações a proporcionar locais de trabalho seguros e saudáveis, prevenindo lesões e doenças ocupacionais, assim como, proativamente, melhorar o desempenho (ISO, 2018b).

A Gestão da Segurança da sua organização, cadeia de valor e informações são de vital importância para a continuidade e segurança do negócio.

É uma estratégia fundamental dentro do universo da logística e transporte. Ela envolve a identificação de possíveis ameaças e a implementação de medidas preventivas para reduzir os seus impactos.

A responsabilidade social de uma organização é a responsabilização pelos impactes da sua atividade na economia, na sociedade e no ambiente. As organizações responsáveis exercem a sua atividade de acordo com os princípios da sustentabilidade, contribuindo assim para o desenvolvimento sustentável. Estas organizações estão mais preparadas para dar resposta às expectativas e requisitos dos seus stakeholders sejam investidores, clientes, consumidores, entidades reguladoras ou a sociedade, dado que proporciona às organizações uma abordagem de gestão inovadora, competitiva e internacionalmente reconhecida.

A Auditoria de Avaliação da Conformidade Legal tem como objetivo verificar se a empresa encontra-se a cumprir com os requisitos legais que lhe são aplicáveis.
Estas auditorias são realizadas no âmbito da legislação (nacional e europeia) aplicável em Segurança e/ou Ambiente.

Em resultado desta auditora, a empresa terá uma visão sobre o estado em que se encontra a nível de cumprimento de requisitos legais e terá acesso a um relatório com um plano de ações para implementar o que não estiver conforme.

Tudo o que possa simplificar o processo de exportação é vantajoso para a sua empresa e, por isso, ter o estatuto de Operador Económico Autorizado (AEO – Authorised Economic Operator) é mais um passo importante para quem entrou no caminho da internacionalização.

O objetivo desta certificação é promover a segurança e facilitar o comércio global. Para as empresas exportadoras isto significa beneficiar de um processamento mais rápido das mercadorias, o que permite poupar tempo e custos.

A Certificação Biológica é um sistema global de gestão das explorações agrícolas e de produção de géneros alimentícios que combina as melhores práticas ambientais, um elevado nível de biodiversidade, a preservação dos recursos naturais, a aplicação de normas exigentes em matéria de bem-estar dos animais e método de produção em sintonia com a preferência dos consumidores por produtos obtidos utilizando substâncias e processos naturais.

Melhore a qualidade dos seus serviços.
Obtenha a sua certificação!

40px